Como Melhorar Seu Posicionamento no Google | CUBOD
Como Melhorar Seu Posicionamento no Google

Como Melhorar Seu Posicionamento no Google

Como Melhorar Seu Posicionamento no Google. Uma das maneiras mais baratas de se trazer tráfego para um site é otimizá-lo para mecanismos de buscas de forma a alcançar melhor posicionamento no Google, por exemplo, diante da enorme concorrência por visibilidade e tráfego.

Os mecanismos de busca são programas automáticos, chamados “crawlers” ou “spiders”, que trabalham de forma autônoma, afim de catalogar websites, criando um índice da web. Neles, são usados sofisticados algoritmos matemáticos responsáveis por determinar quais sites são os mais relevantes para as pesquisas realizadas pelos usuários.

Essencialmente esses programas varem sites web, lendo o conteúdo das páginas, seguindo quaisquer links para outras páginas, repetindo o processo nas páginas seguintes. Ao fazer isso, os programas também obtêm informações sobre a frequência dos links e os endereços dos mesmos, fazendo com que esses mecanismos de busca possam entender melhor os sites que são indexados.

Portanto, a chave para estar bem posicionado nos rankings de busca é facilitar ao máximo a obtenção de informações sobre seu site por parte dos crawlers. Entre outros inúmero fatores, os mecanismos de busca levam em conta a localização e frequência de palavras-chave no conteúdo do seu site, a relevância, a qualidade, tempo de carregamento do site e outro inúmeros fatores que somente as empresas por trás destes mecanismos de buscas sabem e não divulgam por alguma razão.

Como Melhorar Seu Posicionamento no Google

Abaixo nós relacionamos algumas dicas práticas e básicas sobre otimização de sites e sobre como melhorar seu posicionamento no Google e em outros mecanismos de buscas.

1. Escolha um bom nome de domínio

URLs contendo palavras-chave claras geralmente têm melhor performance do que aquelas que são aleatórias ou excessivamente longas. Além de melhorar seu posicionamento nos resultados de busca, ter seu próprio domínio dá mais credibilidade ao seu site.

Você deve escolher um nome que se relacione ao conteúdo do seu site, não seja muito longo, e seja fácil de escrever corretamente. Use caracteres que um crawler possa entender facilmente, e tente evitar números e abreviações.

2. Escolha títulos com palavras-chave para suas páginas

A tag [TITLE] que aparece no cabeçalho das suas páginas é usada frequentemente por mecanismos de busca como o texto para o link que leva ao seu site.

Quando você usa o termo “Home Page”, o nome da sua empresa, ou algo similar e não muito informativo, você perde uma oportunidade de levar tráfego para seu site, já que os sites de busca colocam um peso desproporcional no elemento [TITLE] ao determinar a relevância de uma página para a pesquisa feita por um usuário.

Assim, tente fazer com que seus títulos sejam fáceis de entender e ricos em palavras-chave que seus clientes certamente usarão em sites de buscas.

3. Adicione tags META ao seu site

Use as propriedades “description” e “keywords” das tags META. META name=”description” content=”[descrição do seu site]” é frequentemente usada por sites de busca para determinar o assunto do seu site. META name=”keywords” content=”[lista de palavras-chave]” é usada menos frequentemente por mecanismos de busca, mas também pode ajudar a melhorar a relevância do seu site nesses sistemas.

Quando escrever a descrição e escolher as palavras-chave, pense sobre como seus clientes e usuários procurarão por informações sobre seu site, e escolha termos específicos que atraiam tráfego. Ferramentas de pesquisa como o Wordtracker podem ajudá-lo nessa tarefa.

Evite usar o mesmo grupo de keywords para todas as páginas do seu site – cada página deve ter seu próprio grupo.

4. A relevância do conteúdo é importante

Você também se beneficiará de fornecer um bom conteúdo em seu site. É importante que você tenha pelo menos alguns parágrafos de texto que seja visível aos crawlers e cheio de palavras-chave, que farão com que os crawlers consigam classificar seu site corretamente.

Inclua as palavras-chave que você usou nas tags <META>, e use-as várias vezes em seu conteúdo. Obviamente, o que você escreve precisa fazer sentido e ser fácil de ler e entender.

Também é importante não usar texto dentro de imagens, pois os crawlers não conseguirão lê-las. Por isso, use tags <ALT> para imagens que sejam importantes, para que os crawlers possam obter alguma informação sobre elas.

Também incorpore navegação HTML sempre que possível, mesmo que isso signifique adicionar elementos de navegação redundantes no rodapé das suas páginas.

5. Link building. Use links de entrada e de saída

Sites que são linkados por outros sites, geralmente são considerados mais populares e ficam mais bem posicionais nos rankings de busca. No entanto, mais importante do que a quantidade é a qualidade desses links.

Contate donos de sites cujo assunto se relaciona ao seu e sugira uma troca de links de forma orgânica. Seu conteúdo também deve estar completamente linkado, caso contrário, os crawlers poderão perder parte do seu conteúdo e não indexar seu site por completo.

6. Seja paciente. SEO não acontece do dia para a noite

Não há uma fórmula mágica ou receita de bolo que possa te ajudar a posicionar seu site no primeiro lugar dos rankings dos mecanismos de busca. Se você gastou tempo otimizando seu site, e ainda assim não está vendo resultados, pode ser que você esteja fazendo de forma errada ou ainda não tenha dado tempo para as ações surtirem o efeito desejado.

No entanto não é motivo para desanimar. Busque estudar mais sobre o assunto, leia conteúdos relevantes sobre otimização de sites para mecanismos de busca (SEO). Existem também outras maneiras de se gerar tráfego, nas quais provavelmente você deve se focar se todos as dicas de otimização mostrados aqui já tiverem sido implementadas.